Skip to content

Lines of Brasilia

“Céu de Brasília
Traço do arquiteto
Gosto tanto dela assim

Mas é doce morrer nesse mar de lembrar
E nunca esquecer
Se eu tivesse mais alma pra dar
Eu daria, isso pra mim é viver”

“Linha do Equador” – Song of Djavan

“Sky of Brasilia
Trace of the architect
I like it so much

But it is sweet to die in the sea of remembrance
And never forget
If I had more soul to give
I would give, this to me is to live”